Você sabia que existem alguns tipos de capital de giro que sua empresa precisa controlar e acompanhar mensalmente? Conhecê-los é fundamental, pois são essenciais para você saber como andam os resultados dos seus negócios.

Muitos empreendedores, quando iniciam um projeto na montagem de uma empresa, se atentam para diversos detalhes, por exemplo:

  • regime tributável,
  • estudos sobre o seu público-alvo,
  • análise da concorrência,
  • estratégias de vendas.

Todos esses assuntos são essenciais e precisam ser realizados. No entanto, poucos são cuidadosos com relação ao capital de giro.

A falta de cuidado com essa questão pode trazer problemas financeiros para a empresa que, em muitos casos, podem ser fatais para a continuidade do projeto.

Neste post, apresentaremos os principais tipos de capital de giro. Continue lendo e saiba mais sobre esse importante assunto!

O que é capital de giro?

Capital de giro é o dinheiro disponível que sua empresa possui para poder cumprir com suas obrigações e manter-se de portas abertas.

Infelizmente o Brasil, apesar de ser o país das oportunidades, ainda não tem o seu olhar voltado às empresas, especialmente as pequenas, que precisam lutar muito para conquistar o seu espaço no mercado consumidor.

Mesmo com tentativas para mudar essa situação, o Governo é lento e burocrático, conforme demonstra a reportagem do Portal UOL Economia, trazendo a situação de alguns empresários que não conseguiram sobreviver à pandemia do Coronavírus.

O principal motivo foi a falta de capital de giro!

4 tipos de capital de giro

Os recursos financeiros para movimentar um empreendimento precisam ser controlados e analisados criteriosamente pelos empreendedores, mantendo-se atentos aos números e as melhores decisões para permitir a expansão da empresa. 

Apresentamos 4 tipos de capital de giro, conforme segue:

Capital de estoque

O capital de estoque é aquele que está armazenado no depósito e nas gôndolas da loja, no caso de comércio.

No caso das indústrias, trata-se dos estoques de:

  • matéria-prima,
  • insumos,
  • produtos acabados.

Todos esses materiais, sejam eles a serem processados ou prontos para a venda, são valores que podem ser transformados em dinheiro, portanto, fundamentais para as empresas.

Capital líquido

O capital de giro líquido é constituído de todas as operações financeiras que uma empresa possui em curto prazo.

Dentre os tipos de capital de giro, esse é o que apresenta qual a situação financeira do negócio no prazo de até um ano, reunindo todos os ativos, passivos e chegando ao resultado da operação.

Isso significa conhecer:

  • aplicações financeiras,
  • materiais em estoque,
  • dinheiro em caixa,
  • contas a receber,
  • pagamentos aos fornecedores,
  • folha de pagamento,
  • impostos,
  • empréstimos realizados.

Capital líquido negativo e positivo

O capital líquido negativo e positivo é o resultado obtido quando o ativo e passivo são avaliados.

Ele é positivo quando os resultados demonstram que todos os compromissos poderão ser cumpridos, mantendo a empresa saudável. 

O capital líquido negativo, por sua vez, ocorre quando a empresa não possui recursos que possibilitem o cumprimento de suas obrigações. Nesse caso, o empreendimento terá que buscar alguma ajuda financeira para poder operar.

Capital para fins de investimento

Dentre os tipos de capital de giro, o voltado para fins de investimento é aquele reservado para a aquisição de algum bem que possa melhorar as condições da empresa.

Como exemplo, a reserva de 10% do capital de giro líquido positivo poderá ser destinada à aquisição de máquinas industriais para o aumento da produção. Isso significa planejamento para o futuro.

Como se observa, esses quatro exemplos demonstram a importância e a seriedade com que se deve tratar o capital de giro da empresa.

É através dessas informações que pode-se reconhecer a real situação do empreendimento e desenvolver projetos para melhorar os resultados ou corrigir possíveis problemas que estejam ocorrendo.
Agora que você já sabe quais são os tipos de capital de giro que precisa conhecer detalhadamente, continue conosco e leia nosso post que apresenta quais são os indicadores financeiros que precisam ser acompanhados!